Nota de falecimento


NOTA DE FALECIMENTO

Nessa manhã de sábado, 5 de julho de 2014, Botelho amanheceu triste. Através do Facebook fui informada com grande pesar que MARIA DE ANGELITA DE AMORIM ( Mãe preta), nossa querida Gela, segue agora ao encontro do Pai. Uma notícia que abalou Ilha de Maré, Botelho e , pessoas que admiravam seu trabalho e seu amor incondicional pela vida.
Líder do Terreiro de Ogum com Iansã (nação Keto) dona do samba “Eu vim de Ilha de Maré minha Senhora, pra fazer samba na lavagem do Bonfim…”, interpretado atualmente pela faceira Mariene de Castro, soube com atrevimento alcançar seus objetivos sem valer-se dos outros como escada;
Dona de uma bela voz, uma risada sem igual, sempre foi intensa e ilimitada em tudo o que fazia, porque amava cada atividade que lhe era delegada;
Mulher guerreira , dedicou-se a amar ao próximo com a mesma intensidade que amava o local que morava. Mãe amável e leoa feroz soube com garra cuidar e defender sua cria;.
Como legado deixa a certeza de que Botelho – Ilha de Maré, jamais será o mesmo sem sua doação desmedida e amor incontido pela religião e prazer em divulgar as belezas da ilha. Angelina cumpriu sua missão e, serviu de exemplo para muitas pessoas. Vai-se uma guerreira e ficam suas lições, aprendizados que jamais serão esquecidos.

Segunda de Carnaval – Botelho / Ilha de maré


Muito bom para quem gosta de folia mas curte também uma cerveja bem gelada e um clima gostoso de amizade. É assim que me sinto sempre que vou em Botelho e reencontro os nativos do local.

Como sempre acontece na segunda-feira de carnaval, o baba dos travestidos é uma das maiores atrações. Homens vestidos de mulher, batem uma bolinha na maré baixa e dessa fez o placar foi de Nigretes 1 X  1 Laranjetes.

Depois do evento, sempre rola resenha…confira as fotos com uma grande participação dos mascarados para animar  a ilha!

Baba em Botelho 20140303_101016 20140303_102742 20140303_103055 20140303_103100 20140303_103102 20140303_104052 20140303_104130 20140303_121156 20140303_132633 20140303_132652 20140303_132658 20140303_132718 20140303_132754 20140303_132756 20140303_132759 20140303_132801 20140303_132809 20140303_132811 20140303_132840 20140303_132918 abstract-lines-stripes-colors-rainbow-abstract-wallpapers-colourful-backgrounds

Estudante de 19 anos cria uma máquina que é capaz de limpar todo o plástico dos oceanos em 5 anos.


Imagem

Boyan Slat, holandês e estudante de engenharia, desenvolveu o projeto de uma máquina que seria capaz de retirar mais de 7 milhões de toneladas de plástico dos oceanos.
O invento se chama Ocean Cleanup Array, e se trata de uma estrutura que se comporta como um gigantesco filtro. Ela seria posicionada em pontos estratégicos dos oceanos, onde há maior concentração de lixo, e seria capaz de recolher todo o material flutuante. Após isso uma equipe recolheria o OCA e separaria a vida marinha do plástico. Como o lixo recolhido ainda fica em contato com a água, a fauna oceânica ficaria segura, mesmo sendo recolhida. O plástico “limpo” restante seria encaminhado a reciclagem.
De acordo com Boyan, seu invento seria capaz de limpar os oceanos em um período de 5 anos, tornando os mares completamente livres dos plásticos flutuantes e eliminando a ilha de lixo presente no Oceano Pacífico.
O jovem ganhou seu primeiro prêmio aos 14 anos, Melhor Ideia do Sul da Holanda, e entrou para o livro dos recordes.
Veja o estudante explicando como funciona o seu invento (inglês):

Veja video:
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=ROW9F-c0kIQ

fonte:https://apps.facebook.com/macacovelhogame/?p=2090

Parte de Ilha de Maré está sem energia há dois dias


BOTELHO ILHA DE MARÉ/BAHIA

Moradores afirmam que sofrem com cortes constantes de energia. A Coelba diz que a queda dos três postes foi ato de vandalismo

Da Redação

Diversas localidades de Ilha de Maré, na Baía de Todos os Santos, estão sem luz desde a tarde de terça-feira (21). Para muitos moradores, o fornecimento de energia tem sido precário desde o sábado. “A luz chega e vai embora, vem hora sim, hora não”, diz o agente portuário Ademir Pereira Correia.

Em nota, a Coelba afirma que o corte no fornecimento de energia foi causado “por ação de vândalos”, que teriam derrubado três postes da rede elétrica que atende a região.

Já o dono de restaurante Djalma Monteiro Filho, conhecido como Seu Florêncio, disse que um dos postes foi derrubado, mas os outros dois caíram por falta de manutenção. “A estrutura é muito precária, a maré vai cavando, a chuva vai corroendo. Não tem fiscalização, estamos à toa”, denuncia.

A Coelba responde que mantém um plano de manutenção do sistema de energia na região e reafirma que a causa da queda dos postes foi a ação de populares.

Seu Florêncio relata ter perdido R$5 mil em mercadorias por causa da queda de energia. “Hoje já joguei fora oito quilos de siri catado, dez quilos de robalo e vou ter que jogar fora as lagostas”, lamenta o comerciante.

Funcionários da companhia foram enviados na tarde desta quinta-feira ao local para realizar os reparos, e o funcionamento de energia seria normalizado até as 18h30 de hoje, segundo previsão da Coelba.

Mas até as 18h40, Seu Florêncio continuava sem energia no seu restaurante. Bananeira, Praia Grande, Botelho, Itamoabo e Santana são algumas das localidades sem energia na Ilha de Maré.

 

http://www.correio24horas.com.br/noticias/detalhes/detalhes-1/artigo/parte-de-ilha-de-mare-esta-sem-energia-ha-dois-dias/

Continuar lendo

Secretário alerta Graça Foster para perigo de Terminal de Regaseificação


Secretário alerta Graça Foster para perigo de Terminal de Regaseificação

Secretário alerta Graça Foster para perigo de Terminal de Regaseificação

Foto: Reprodução
O secretário da Indústria e Comércio da Bahia, James Correia, enviou no dia 17 de abril um fax para a presidente da Petrobras Graça Foster para alertar que a empresa deveria dar uma atenção especial às comunidades afetadas pela implantação do Terminal de Regaseificação, em reunião realizada no dia 17 de abril na sede da empresa com representantes de pescadores das comunidades. Ele citou como exemplo o artigo (clique aqui) publicado no Bahia Notícias por Eduardo Ataíde no dia 25 de abril. No encontro, não houve um acordo consensual. Nesta sexta-feira (10), a Petrobras apresentará à imprensa as ações que irão ser efetuadas. Em paralelo, moradores da Ilha de Maré preparam uma manifestação para a próxima segunda (13).

Exposição reúne imagens produzidas por jovens da Ilha de Maré-BA


Será realizada nos dias 10 e 11 de maio de 2013, em ilha de Maré, a abertura da exposição fotográfica Meu lugar vê o mundo. A mostra reúne 150 imagens produzidas por jovens moradores da ilha, do subúrbio ferroviário e de Candeias. A abertura, dia 10 (sexta-feira), inicia-se às 14h, na Praça da comunidade de Porto Cavalo. No dia 11 (sábado), às 9h, será na associação de moradores, na comunidade de Botelho, ambas em ilha de Maré.

As fotos estarão expostas entre 10 de maio e 10 de julho, a céu aberto. As imagens foram impressas em formato banners com tamanhos variados entre 30X40, 50X70 e também em 1.0 x 1.20m, dando visibilidade ao trabalho realizado pelos participantes do projeto Meu lugar vê o mundo. No campo figurativo, as imagens retratam o universo de paisagem, produtos típicos da região, cotidiano e denúncia contra meio ambiente.

Este Projeto, coordenado por Gal Meirelles (UEFS) e Núbia Moura (IFBA), capacitou em fotografia digital jovens da BTS, com idade entre 15 e 24 anos. Ao longo de 2012, eles participaram de oficinas ministradas pelos fotógrafos Gal Meirelles, Paulo Lima e Péricles Mendes. Ao todo 146 jovens concluíram o curso, que teve uma média de 270 inscrições. Os habilitados são das comunidades Botelho, Neves, Itamoabo, Santana, Praia Grande, Porto Cavalo, Paripe e também de Candeias.

Durante as atividades, eles receberam a visita de renomados fotógrafos, a exemplo da húngara India Roper-Evans, do especialista em imagens aéreas, Nilton Souza, de Franzé Souto, professor e pesquisador da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), de Antonio Mari, que trabalhou em jornais diários nos Estados Unidos. Além de Armando Correa Ribeiro, galerista e fotógrafo baiano e ainda de Patrícia Carmo, coordenadora do projeto “O olhar de….”

As oficinas contaram com 40 horas de aulas teóricas e praticas que foram realizadas nas associações de moradores de diferentes comunidades e em escolas públicas da região. O curso básico de fotografia digital abordou o processo de reconstrução da memória individual através do registro de familiares pelos participantes das oficinas.

No segundo momento, focou o registro de práticas culturais que revelam o cotidiano da ilha e adjacências, envolvendo, por meio da composição visual, os habitantes das localidades na constituição das próprias memórias. Destas atividades, resultou um acervo de aproximadamente 20.000 imagens que abordam os mais variados temas e será organizado para fomentar renda aos participantes.

A exposição integra as atividades do projetoMeu lugar vê o mundo que conta com patrocínio da Petrobras, apoio institucional do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba), Universidade Federal da Bahia (Ufba), Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e realização da Baluart Produtora. O projeto conta ainda com um blog onde as imagens podem ser apreciadas e adquiridas com vistas à aquisição de equipamentos para atividades futuras.

Como chegar a Ilha de Maré – Para chegar até a Ilha de Maré é necessário ir de carro ou ônibus (nos Terminais da Lapa, Campo Grande, França e Calçada) pela Av. Suburbana até o Terminal Marítimo de São Tomé de Paripe, de onde partem barcos diariamente de 20 em 20 minutos: até as praias de Itamoabo, Botelho, Praia Grande e Santana. Até São Tomé de Paripe são 50 km. Se estiver de barco/escuna/veleiro partindo de Salvador são aproximadamente 30 minutos. A ilha possui opção de almoço nas barracas da praia de desembarque. Visitem a ilha e apreciem as imagens nas comunidades de Botelho, Neves, Itamoabo, Santana, Praia Grande e Porto Cavalo.

fonte: http://www.vermelho.org.br